x

Pra não perder as novidades,

Escreve o seu email aí embaixo

Prometemos só aparecer na sua caixa de entrada quando realmente valer à pena ;)

28 de outubro de 2016Lifestyle

First things first #unmatrimoniofelice

E o primeiro post sobre o meu casamento não poderia ser diferente. Eu não conseguiria começar a mostrar tudo sem antes organizar e contextualizar melhor as coisas. Talvez porque pra mim, aqueles dias e seus respectivos registros representam o resultado de um longo e profundo processo de, mais do que tudo, amor e auto conhecimento. Ao longo de oito meses me questionei incessantemente sobre mil e um aspectos da minha vida pra melhor entender o que faria sentido acontecer naqueles três dias de un matrimonio (molto) felice. Pra quem não sabe, vou contar só um pouquinho sobre a história desses pombinhos da vida real que, esse ano, finalmente legitimaram um status que na verdade já existia há algum tempo.

Eu e Fernando nos conhecemos da forma e nas condições mais improváveis do mundo. Nós tinhamos quinze anos de diferença de idade, éramos solteiros, felizes, e não procurávamos ou até mesmo quereríamos um relacionamento sério. Pra falar bem a verdade, credito essa falta de expectativa mútua à leveza que nos possibilitou tanta paixão em tão pouco tempo. Nosso começo foi lindo, intenso, verdadeiro e um forte pilar pra nossa relação. Vivemos anos de alegrias, dores, lágrimas, aconchegos, recuos, ponderações, decisões, crescimentos, divisões, separações, buscas e renovações. Como eu costumo dizer, a vida a dois é pros fortes e, se hoje estamos aqui é porque lutamos muito pra que desse certo.

Por diferentes motivos da vida, demoramos pra de fato oficializar a nossa união mas, como disse a minha cunhada no texto que leu em nossa cerimônia, já éramos mais casados que muita gente casada quando enfim nos casamos. A intenção foi sim a de iniciar um novo ciclo, mas de também comemorar e celebrar uma coisa que já existia muito forte entre nós dois.

Deixo vocês com o texto que abria o site do nosso casamento e algumas das fotos que tiramos 24 horas antes do grande dia. Semana que vem conto sobre como fomos parar na Toscana.

A verdade é que histórias de amor não costumam chegar com manual de instruções e a nossa não foi diferente. Juntos, vivemos os momentos mais intensos, bonitos e difíceis de nossas vidas. Descobrimos que depois da paixão arrebatadora, existia um sentimento surpreendentemente forte capaz de sobreviver às piores crises e tempestades. Descobrimos que o amor considera, releva e também renasce. Descobrimos o tão chamado amor de verdade. Ao longo de quase oito anos, conhecemos as mil e uma facetas vividas por quem ama e quer fazer dar certo, para, sem querer, descobrirmos uma pequena família de duas pessoas. À escolha diária que fazemos ao nosso amor e a tudo aquilo que realmente importa, convidamos você a celebrar. Vem que vai ser lindo! 

• thought you might also like •

  1. Mariana Oliveira, 29 de outubro de 2016 - 1:06

    Muito lindas as fotos! Ansiosa para os próximos posts! Conta um pouco mais do anel de noivado? É o mais lindo que eu já vi!!!!!!

    • Gabriella Magalhães, 30 de outubro de 2016 - 10:12

      Oi Mariana! Fico feliz que você tenha gostado das fotos e ainda queira ver mais 🙂
      O anel de noivado é 100% mérito do noivo! Ele escolheu tudo sozinho e me surpreendeu com o que, modéstia à parte, também acho o anel mais lindo que já vi! Ele é da Tiffany e existem muitas variações do modelo dele que se chama Soleste.
      Beijão!

  2. Sílvia, 1 de novembro de 2016 - 14:03

    Oi Gabriella!
    Adoro sua narrativa! É concisa, mas não esquece detalhes importantes. Muito bom ler seus textos!
    Não costumo comentar, mas seu casamento foi de um bom gosto ímpar. Parabéns!
    Beijos!

  3. Angélica, 11 de março de 2018 - 21:39

    Oii Gabriella! Tudo bem?
    Vc fez as fotos com algum fotógrafo local? Encantadaaa com essas fotos e seu casamento como um todo! Realmente exige muito empenho ao fazer um casamento fora.
    Meu sonho era casar no San Felice! Mas acabamos optando por casar em Curitiba mesmo, onde mais amigos e família poderiam ir.
    Porém o gostinho de vivenciar momentos especiais sob o sol da Toscana ficou!
    Vamos passar alguns dias da nossa lua de mel por lá! E assim ao invés de fazer o pré wedding queremos fazer uma tarde de fotos nos campos aos arredores.
    Vc teria alguma dica de quem eu poderia procurar no hotel, alguém que poderia me indicar um fotógrafo local?

    Muito obrigada e parabéns por todo esmero no casamento, sembra un sogno!
    Beijos

Leave a note

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *