26 de janeiro de 2017Lifestyle

Identidade Visual #unmatrimoniofelice por Atelier Terrarosa

Então voltemos ao assunto #unmatrimoniofelice! Não costumo ver (na verdade acho que nunca vi) uma abordagem completa sobre a identidade visual de um evento tão importante (e tão decorativo) como casamento. Ninguém conta pras noivas o quanto seria legal parar pra decidir com antecedência sobre a coerência de elementos que se farão tão nescessários ao longo daquele processo. Porque no início a gente não imagina mesmo que serão tantas coisas assim, mas deixa o tempo ir passando pra vocês verem. É um convite de chá de lingerie aqui, um folheto de informações acolá e quando paro pra pensar na desconexão estética que teria acontecido se eu e Marina não tivéssemos feito um trabalho prévio, fico até nervosa.

Consigo perceber o quanto esse processo foi pessoal e específico no meu caso mas, de verdade, nem consigo imaginar ter casado de outra forma. Acabou sendo, naturalmente, um dos poucos departamentos que toquei sozinha, sem a intermediação da minha assessoria. Se bem que, continuando com os meus botões (emoticon pensativo aqui), isso nunca teria sido possível se não fosse a amizade e sintonia que eu e a Marina desenvolvemos nos últimos anos.

Pra que eu não seja repetitiva, peço que aqueles que não sabem quem é a Marina (aka atelier terrarosa agora!), leiam o primeiro parágrafo do post que fiz sobre o casamento dela (só pra dar uma contextualizada). Leu? Então. Eu sempre soube que ela seria the one a me ajudar nesse setor. É impressionante como temos as mesma loucuras e excitações por detalhes e o quanto eu confio na qualidade do trabalho dela. Quando o bicho pegava e eu não conseguia acompanhar todos os passos de perto, ficava 100% tranquila sabendo o quanto aquele projeto estava nas melhores mãos.

Tudo começa bem no início. Antes mesmo de decidirmos o local (país!) em que casaríamos, levei a Marina pra conversar com a Edda (minha assessora amada da Boutique de Três). Nós colocamos uma data limite pra definição do lugar, contamos então o tempo de criação da Marina a partir do momento dessa escolha e montamos um cronograma de entrega que incluia Save the Date online, site pronto no ar, Save the Date impresso (agora com o endereço do site) e convite. Esse processo prévio de organização de datas é absolutamente primordial (ainda mais se tratando de um destination).

Sobre o processo criativo da Marina, tudo é muito único, completo e sob medida. Ela procura primeiro te entender de maneira bastante profunda, pra só depois entregar uma apresentação com moodboard, proposta de elementos, cartela de cores, tipografia e etc. No meu caso, tudo se desenvolve de maneira ainda mais fluida depois de tantos projetos juntas. O meu briefing quase sempre vem com essa vibe mais aconchegante, de coisa feita à mão, que é exatamente a identidade do trabalho dela. Aqui o resultado veio de uma combinação daquilo que eu gostava mais aquilo que achava coerente com a proposta do casamento. E assim tivemos Save the Date (dois diferentes), um site todo pensando nos mínimos detalhes afim de esclarecer toda e qualquer dúvida, convite, comunicativo de lista de presentes, convite de chá de lingerie, menu do jantar do dia anterior ao casamento, menu de drinks deixado nos bares no dia do casamento, folheto informativo pra quem estava no hotel do casamento, folheto informativo pra quem não estava no hotel do casamento, cartão de boas vindas, bordado na sandalinha de linho entregue na festa, desenho vetorizado pra ser impresso no pendrive que fazia parte do kit boas vindas and cartão de agradecimento. U-F-A! Agora me digam o que teria sido da minha vida OCD se eu tivesse todos esses itens feitos de forma aleatória, sem uma unidade visual? Socorro.

Semana passada essa amiga linda-e-talentosa postou uma foto dessas aí debaixo acompanhada de um texto que falava sobre o amor. Eu queria finalizar dizendo que toda essa beleza que ela imprime, tão facilmente identificada aos olhos, não existiria se não fosse tamanho o coração que ela coloca em tudo o que faz. Falando muito a verdade, é perto dessas pessoas que devemos escolher caminhar ao longo de nossas vidas. Ma, obrigada por tudo, sempre! ♥

• thought you might also like •

  1. Ana Sofia, 26 de janeiro de 2017 - 20:09

    Não tenho nem palavras para expressar o quanto tudo ficou tão lindo! A identidade visual do meu casamento é uma das coisas que mais me tira o sono e eu sonho que ela chegue pelo menos um tiquinho aos pés da que tu criou com a Marina – com quem, aliás, entrei em contato esses dias 🙂

    • Gabriella Magalhães, 29 de janeiro de 2017 - 13:37

      Ah, que bom que você gostou!!! E que bom saber que existem outras “loucas da identidade visual’ por aí rs! Tenho certeza que a sua também vai ficar linda! 🙂

  2. Bel, 27 de janeiro de 2017 - 17:28

    Oi,

    Nossa o resultado ficou tão lindo!! Eu sou completamente apaixonada por identidade visual e, quando casar, vou me preocupar com esses detalhes, com certeza, porque eles imprimem a personalidade do casal e isso é muito legal. Eu tenho a revista da Constance que mostra as fotos do seu casamento. É tudo tão lindo! Obrigada por compartilhar com a gente tudo isso.

    Beijos
    http://belsantanna.com/

  3. Gabriella Magalhães, 29 de janeiro de 2017 - 13:51

    Bel querida! Eu adoro poder dividir aquilo que acredito valer a pena! Obrigada você pelo carinho e por estar sempre por aqui! ♥

  4. Carol Malaua, 29 de janeiro de 2017 - 15:09

    De uma beleza e sensibilidade de encher os olhos! Obrigada por compartilhar conosco! Bjos

    • Gabriella Magalhães, 29 de janeiro de 2017 - 19:26

      Imagina Carol, obrigada você pela visita! Fico feliz que tenha gostado! 🙂

  5. Bella de Oliveira, 13 de fevereiro de 2017 - 18:30

    Ah adorei que voltou ao #unmatrimoniofelice! É realmente inspirador ver o tanto que você se empenhou em cuidar de cada detalhe com tanto carinho, o resultado ficou incrível! Espero ter toda essa dedicação. beijos :*

    • Gabriella Magalhães, 17 de março de 2017 - 10:16

      A gente sempre consegue se dedicar àquilo que conversa com o nosso coração, Bella. Tenha certeza que você ficará orgulhosa na sua vez! 😉

  6. Fernanda, 6 de março de 2017 - 16:00

    Oi Gabriella, eu estou apaixonada pelo #unmatrimoniofelice, mas a identidade visual ganhou um cantinho especial no meu coração! Rsrsrs Eu estou criando o site do meu casamento mas em nenhum, que eu vi até agora, posso colocar a minha identidade visual! Será que você poderia me dizer como você fez o seu site? Obrigada

    • Gabriella Magalhães, 9 de março de 2017 - 11:43

      Oi Fernanda! Muito obrigada, eu sou bem suspeita pra falar porque também adorei a minha identidade! Quem montou o meu site foi a Marina mesmo, a própria criadora de tudo. Ela achou uma dessas plataformas já semi prontas onde conseguimos inserir os elementos. Você gostaria de saber o nome da plataforma?

Leave a note

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *